Trabalhadores de Salinas da Margarida são qualificados profissionalmente para trabalhar no EEP

Cinquenta moradores de Salinas da Margarida e região acabam de ser beneficiados com o início das aulas da segunda etapa do curso de Ajudante de Obras Civis do Programa Acreditar. A iniciativa é do Consórcio Estaleiro do Paraguaçu (CEP) e tem como objetivo capacitar e formar, no nível operacional, moradores do entorno da obra de construção do Estaleiro Enseada do Paraguaçu (EEP), empreendimento formado pela união societária entre a Odebrecht, OAS, UTC e Kawasaki. O investimento total soma R$ 2,6 bilhões e é o maior investimento privado da Bahia nos últimos 10 anos.
Com previsão de início de suas operações para janeiro de 2014, o EEP vai ofertar cinco mil vagas de empregos diretos e outras 10 mil indiretas, alavancando a indústria naval baiana e contribuindo para o fortalecimento econômico e social de pelo menos 16 municípios baianos.

Recorde de inscritos

Nesta etapa, o CEP está qualificando moradores do entorno da obra. Com material didático fornecido gratuitamente pelo Consórcio, os participantes estão tendo noções de segurança no trabalho, meio ambiente, psicologia do trabalho, qualidade e saúde. O CEP ainda oferece uniforme, alimentação, transporte e seguro de vida.O processo seletivo para a segunda turma aconteceu em janeiro de 2013 e contou com mais de 900 inscritos, incluindo os municípios e as regiões de Maragojipe e Salinas da Margarida.

Primeira turma já colhe os frutos

Dos 42 formandos da primeira turma do Acreditar, 55% eram mulheres, que além das disciplinas ministradas, aprenderam também noções de higiene, limpeza e organização. A solenidade de formatura da primeira turma ocorreu em dezembro de 2012.
Para Maria Clara Gonçalves Conceição, de 31 anos, moradora da comunidade de Enseada e aluna da primeira turma, o Acreditar representou uma grande oportunidade.
“O Acreditar transformou a minha vida. Depois do curso comecei a pensar mais no meu futuro e vi que precisava me qualificar para conseguir um emprego melhor. Foi então que fui a Santo Antônio de Jesus e me inscrevi em cursos de digitação, informática, gestão de pessoas e liderança”, disse Maria.
E a história dela não parou por aí. Em pouco menos de dois meses depois de sua formatura, Maria Conceição conseguiu um emprego como auxiliar de cozinha em um restaurante da região. “Minha vida mudou completamente. Sei que a partir de agora começa uma nova etapa”, comemorou.
Para Domingos Sávio de Araújo, gerente Administrativo Financeiro do CEP, é importante que os novos alunos tenham consciência do grande passo que estão dando em favor do seu crescimento. “Através deste curso, com mais uma qualificação profissional, esses alunos terão mais oportunidades de emprego em qualquer lugar”, enfatizou o gerente.

Sobre o Programa

O Acreditar é um programa de iniciação profissional 100% gratuito e desenvolvido pelo CEP. Sem vínculo empregatício, homens e mulheres com mais de 18 anos e alfabetizados têm a oportunidade de aprender uma profissão.Com duração prevista para até o final de 2014, o Acreditar é uma parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida das pessoas que participam. “Os inscritos no Cadastro Único/Bolsa Família têm prioridade e, quando inscritos e/ou em participação, não perdem o auxílio do Bolsa Família ou qualquer outro benefício social recebido do Governo”, garante a coordenadora do curso no Consórcio, Priscila Lima.

Fonte: Thaise Muniz
Comunicação Consórcio Estaleiro Paraguaçu

Comentários