Internacional Marítima assume Ferry Boat

A empresa Internacional Marítima assume, em caráter emergencial, o Sistema Ferry Boat, a partir desta quinta-feira (14), durante período de 180 dias. A decisão ocorre após o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura, declarar caducidade na concessão da TWB, que cometeu diversas irregularidades ao longo dos seis anos administrando a travessia Salvador – Itaparica.

O anúncio foi realizado em coletiva nesta quarta-feira (13), no auditório da Agerba, no Centro Administrativo da Bahia (CAB). De acordo com o vice-governador e secretário da Infraestrutura, Otto Alencar, as irregularidades da empresa foram constatadas por meio de auditoria no sistema realizada no ano passado pela Auditoria Geral do Estado em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis e Financeiros (Fipecafi).

O parecer técnico apontou diversos problemas financeiros, trabalhistas e sucateamento das embarcações. Com isso, o governo suspendeu o contrato com a TWB, deixando o sistema sob intervenção do Estado durante seis meses.

O secretário explica que a Internacional Marítima vai ser responsável por toda operação do Sistema Ferry Boat. Entre as responsabilidades da empresa durante os próximos seis meses estão a manutenção das embarcações e pagamento de pessoal.

Durante o período da contratação emergencial, a Seinfra definirá a modelagem da contratação de um novo concessionário para operação do sistema, mediante processo licitatório.

Fonte: Secom.

Comentários