Governo e municípios atualizam as divisas territoriais

Imagem_GoogleEarth.jpg
A Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan), realizou nesta quarta-feira (4) uma reunião com representantes dos municípios, que compõem o Território de Identidade Metropolitano de Salvador (TIMS), para a apresentar o resultado dos trabalhos de campo nos limites intermunicipais do território.Na ocasião, o diretor de Informações Geoambientais, Cláudio Pelosi, enfatizou as diretrizes da Atualização dos Limites Intermunicipais, reforçando a imparcialidade do projeto. “A SEI realiza um trabalho técnico, identificando todas as questões e partindo da interpretação da lei vigente”.Pelosi elucidou a importância da atualização das divisas entre os municípios, que tem os limites sem revisão desde a última lei de divisão político-administrativa do estado, de 1953. De lá pra cá, a Bahia passou de 150 para 417 municípios e sua população também cresceu – só o TIMS, último trabalhado no projeto, passou de pouco mais de um milhão para mais de três milhões de pessoas. O território corresponde a 25% da população da Bahia.Etapas

Durante a reunião, Pelosi explicou as etapas do trabalho e apresentou as alterações propostas para o TIMS. “Fazemos o pré-campo, onde há o planejamento, depois realizamos uma reunião de abertura. A etapa seguinte é a equipe técnica ir a campo, acompanhada dos representantes dos municípios. A partir desse trabalho de campo, são elaborados os mapas”.

Entre os limites abordados estavam Candeias e Simões Filho, Itaparica e Vera Cruz, Salvador e Lauro de Freitas, entre outras divisas apresentadas. A equipe composta por técnicos da SEI e Instituto Brasileiros de Geografia e Estatísticas (IBGE) também esteve presente no encontro e tirou dúvidas dos representantes das localidades após a entrega dos mapas.

Salinas da Margarida na RMS
O Território de Identidade Metropolitano de Salvador é composto por dez municípios – Salvador, Lauro de Freitas, Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila, Itaparica, Madre de Deus, Salinas da Margarida, Simões Filho e Vera Cruz. Após esta etapa, o memorial descritivo e os mapas elaborados a partir do trabalho finalizado são enviados para a Assembleia Legislativa da Bahia. Atualmente, existem 14 leis sancionadas, definindo divisas atualizadas dos municípios e 12 projetos em trâmite na Assembleia.

 

Fonte: Gov. da Bahia

Comentários