Estaleiro Enseada do Paraguaçu vai gerar 25 mil vagas

Estaleiro próximo a Salinas da Margarida
A indústria naval baiana está ressurgindo na margem direita do Rio Paraguaçu com a instalação do Estaleiro Enseada do Paraguaçu (EEP). Nele serão construídas sondas de petróleo de última geração – as primeiras custarão 800 milhões de dólares.
Com o estaleiro, serão criados 20 mil empregos diretos e indiretos, incluindo mecânicos, soldadores, pintores, engenheiros e outros 28 cargos. Para formar profissionais, é utilizada até uma sonda-escola do Senai.

As oportunidades que eram escassas no Recôncavo já tinham melhorado graças ao canteiro de obras da Petrobras em São Roque, onde estão sendo construídas duas plataformas marítimas.
fonte A Tarde

Comentários