Bahia será sede do sorteio da Copa 2014

O governador do Estado, Jaques Wagner, reuniu a imprensa na tarde desta quinta-feira (28), na Governadoria, no Centro Administrativo (CAB), para confirmar o anúncio da Fifa de que o sorteio da Copa do Mundo 2014 será realizado entre novembro e dezembro de 2013, no Complexo de Sauípe, no litoral norte da Bahia. O estado é o principal destino turístico do Nordeste e recebe cerca de 5,9 milhões de turistas brasileiros de outros estados e estrangeiros, segundo dados da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). No que se refere ao turismo internacional, o número de visitantes é maior do que todos os estados nordestinos juntos.

Para Wagner, este é o resultado de muito trabalho e perseverança. “É uma conquista que começou com a campanha para sediar a abertura da Copa, onde nos posicionamos e conseguimos mostrar que somos, no Nordeste, o destino mais procurado, inclusive com o maior parque hoteleiro, e superamos as cidades de São Paulo, Minas Gerais e Fortaleza, que também demonstravam forte interesse”.

Segundo ainda o governador, Costa do Sauípe possui infraestrutura para um evento desse porte, “possibilitando que toda a comitiva fique hospedada no lugar onde vai ocorrer o evento, além de ter atrativos como praia, piscina, campo de golfe, entre outros”.

O sorteio vai definir os grupos da Copa e as datas e horários dos jogos da primeira fase da competição. “É o evento mais importante depois da abertura e da final da Copa. É o terceiro mais assistido durante a Copa. Aqui estarão os presidentes das federações de futebol, além de ministros de Esportes e imprensa do mundo inteiro, algo que deixa a Bahia em posição de destaque”, enfatizou Jaques Wagner.

Crescimento do turismo

Pelo menos cinco mil pessoas são esperadas para o evento. A previsão é que cerca de 1.500 convidados da Fifa se hospedem no local e outras 3.500 pessoas fiquem em hotéis na Linha Verde. “O estado da Bahia nunca teve uma exposição tão grande como terá nesta oportunidade, quando mais de um bilhão de pessoas vão acompanhar, assistir, além de movimentar torcedores de 32 países. Isso significa crescimento do turismo, interesse de investidores e de investimentos, frutos que vamos extrair deste grande evento mundial, o terceiro maior que vamos recepcionar”, disse secretário estadual da Copa, Ney Campello.

Fonte: SECOM-BA

This work is licensed under a Creative Commons Attribution By license.

Comentários